O que faz um organizador de ambientes?

No dia 3 de outubro é celebrado o dia do profissional de organização, profissão recentemente reconhecida, mas que vêm se popularizando muito aqui no Brasil. A área tem muitos nomes, organizador de ambientes, organizador residencial, consultor em organização, entre outros, mas o objetivo é o mesmo: Usar os benefícios da organização na vida da sua casa.

A vida moderna e os desafios de tempo fizeram surgir a demanda por um novo tipo de profissional, focado em auxiliar nos problemas causados pela falta de tempo e espaço. Nesse sentido, surge o organizador de ambientes, um profissional que tem como principal objetivo facilitar a vida de seus clientes, seja na organização da vida pessoal, profissional ou do lar. Otimizar espaços, facilitar o acesso e a organização de objetos, pensar em alternativas e criar soluções pros problemas domésticos são algumas de suas funções.

O trabalho consiste em três etapas: avaliação, planejamento e implementação.
A avaliação é o primeiro contato entre o profissional e o cliente, através de uma visita técnica, aonde serão analisados detalhadamente quais problemas serão abordados, quais áreas precisam de maior cuidado, quantas pessoas se utilizam daquele espaço e um detalhamento de toda a situação. Na área de planejamento, é o momento em que todos os problemas que foram encontrados na visita técnica precisam ser solucionados, onde o profissional aplica sua metodologia e cria soluções organizacionais para seu cliente. Por fim, a implementação, é quando as soluções desenvolvidas são testadas e postas em prática visando sanar ou facilitar os problemas previamente encontrados.

Um organizador de ambientes pode atuar nos mais diversos ambientes seja organizando um quarto infantil, um escritório residencial, uma loja, um armário, um depósito, uma política de padronização empresarial, um carro, uma festa, um computador, uma geladeira, um cardápio, uma mudança física, um processo administrativo, um departamento ou uma empresa inteira.

Fonte: Sebrae